Novo presidente da Fapesq, Rangel Júnior, diz que priorizará parcerias com universidades na Paraíba


 O novo presidente da Fapesq, o ex-reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Rangel Júnior, comemorou a escolha para o cargo e disse que a prioridade será estreitar as parcerias com as universidades e fomentar o incentivo ao avanço de projetos de inovação. 

"Tenho muita admiração pelo que já foi feito dentro da instituição. Nós iremos dar continuidade e fortalecer as parcerias com as universidades e com os projetos de estímulo às inovações em nosso estado", destacou como acompanhou o ClickPB. 

Ainda segundo ele, o cenário atual no país é de resgate aos programas de ciência e tecnologia que foram suspensos durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro. "Entramos em uma nova fase de resgate ao fomento à ciência e tecnologia. No cenário estadual, iremos continuar os grandes avanços fomentados pelo governo da Paraíba", explicou. 

"A Fapesq manterá suas ações voltadas para o fomento à pesquisa e fortalecimento em tudo que resulte em ampliação do conhecimento que melhore a vida da sociedade", reforçou. 

CLICKPB



BORGES NETO LUCENA INFORMA