''Temos convicção de que o mês de julho será pior'', diz secretário de Sáude sobre reflexo de festas de São João na pandemia

 


O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, revelou ao ClickPB que já espera um mês de julho pior em relação os números da pandemia de covid-19. Isso porque, segundo ele, a população não está seguindo à risca as recomendações sanitárias para evitar aglomerações.

''No último fim de semana nós vimos muitas aglomerações, dentro das casas, em Bananeiras, no interior, nos sítios, em zonas rurais. É a tradição da época. As pessoas fazem festas com 30, 40 pessoas, dançando, cantando, falando alto, tudo que o novo coronavírus gosta'', comentou o secretário.

Geraldo Medeiros afirmou que, mesmo não havendo feriado no São João, essas aglomerações ainda devem ocorrer. ''Agora com a chegada do São João e São Pedro, nós temos convicção de que o mês de julho será pior'', afirmou. O secretário acredita que poderá ser observado um aumento nas internações por covid-19, principalmente nos primeiros 15 dias do mês.

O secretário voltou a dizer que toda a população paraibana com mais de 18 anos deverá estar vacinada até o mês de outubro, mas ressaltou que ainda não é o momento de se descuidar. ''As vacinas só oferecem proteção máxima após 14 dias da segunda dose'', disse. Além disso, por enquanto a parcela da população que está vacinada ainda é muito pequena e o vírus ainda circula livremente.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO