Prefeitura de Alagoa Grande admite que usou vacinas vencidas e está aplicando outra dose nas pessoas prejudicadas

 


Após matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo apontar que milhares de doses de vacinas contra a covid-19 da AstraZeneca teriam sido aplicadas fora do prazo de validade, o município de Alagoa Grande admitiu que o erro atingiu 72 pessoas da cidade.

Em vídeo, o secretário de Saúde da cidade, André Fernandes, informou que a falha ocorreu entre março e abril na aplicação de segunda dose da vacina. O secretário contou que, assim que o erro foi identificado, foi comunicado à Secretaria de Saúde estadual. ''Foi nos dado a informação, na semana passada, de que deveríamos refazer uma terceira dose. Nós começamos segunda-feira a refazer essas 72 doses e acreditamos que até o final da próxima semana, todas as 72 pessoas estarão vacinadas'', afirmou.

Até o momento, Alagoa Grande foi o único município que reconheceu que houve erro na administração das vacinas. A matéria publicada pela Folha aponta que o problema teria ocorrido em 48 municípios paraibanos. Parte das prefeituras nega ter usado vacinas vencidas, justificando que houve um erro apenas na data de registro da vacinação no sistema. Outra parte ainda não se manifestou sobre o assunto.

Municípios que já disseram que foi erro de registro:

João Pessoa
Campina Grande
Sertãozinho
Itabaiana
São José de Piranhas
Cajazeiras
Mamanguape
Itapororoca
Baraúna
Cabedelo
Queimadas
Esperança
Boa Vista
Taperoá
Remígio
Itaporanga
Nova Floresta
São José dos Cordeiros
Sapé


Município que fez dose vencida:

Alagoa Grande



FALA PARAÍBA-BORGES NETO