Autoridades da PB devem decidir até às 16h de hoje se permitirão público no jogo do Campinense pela Série D

 

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou essa semana que os clubes da Série D do Campeonato Brasileirão poderão receber público nos jogos das oitavas de final, desde que as autoridades sanitárias locais autorizem. Pela determinação da CBF, os clubes têm até 72 horas do início da primeira partida de cada um dos confrontos para informar se poderão receber públicos em seus estádios e o percentual de capacidade liberada.

Sendo assim, o Caxias precisa viabilizar a autorização até esta quarta-feira (22), às 16h.

Na Paraíba a expectativa gira em torno da partida  do Campinense, que joga neste sábado (25) contra o Guarany (CE) no Estádio Amigão, em Campina Grande.

De acordo com o último decreto de Campina Grande, a presença de público está liberada em estádios de futebol, desde que respeitado o limite de 15% da capacidade. Para isso, as entidades ou os promotores do evento precisam enviar um plano de contingência para a Gerência de Vigilância Sanitária até 72 horas antes do jogo ter início. 

O documento é válido para todos os estádios, ginásios e afins que estejam dentro do município, independente de serem particulares, municipais ou estaduais.

Veja o que diz o documento da CBF


“Informamos às Federações Estaduais, cujos clubes filiados estão classificados para as oitavas de final do Campeonato Brasileiro Série D, que este passará a adotar o protocolo de recomendações para retorno do público aos estádios. A aplicação do protocolo estará sujeita à liberação das autoridades locais. Isso significa que os clubes envolvidos devem ter autorização dos órgãos competentes, cumprindo integralmente as exigências, além de observar as recomendações do protocolo da CBF.

Como o certame já está em fases eliminatórias, reforçamos que o protocolo divulgado estabelece critérios de competição. Sendo assim, para garantia do equilíbrio técnico, em última instância não será permitido que apenas um dos clubes, num confronto de ida e volta, possa ter público no seu estádio.

Até 72 horas do início da primeira partida (ida) de cada um dos confrontos, os clubes envolvidos deverão informar mediante comunicado oficial ao departamento de competições da CBF, através de suas respectivas federações, se poderão receber públicos em seus estádios, bem como cada percentual de capacidade liberada. A presença de torcedores visitantes, conforme protocolo, não será autorizada neste momento”

PB AGORA


BORGES NETO LUCENA INFORMA