“A Lava Jato era um partido político clandestino”, dispara deputado contra o ingresso de Moro e Dallagnol na política

 

Em entrevista a imprensa paraibana o deputado estadual Anísio Maia (PT), comentou as recentes decisões do ex-juiz federal Sergio Moro e do ex-procurador do Ministério Público Deltan Dallagnol de entrarem para a política partidária, destacando que os mesmos utilizaram a Operação Lava Jato como trampolim político. “Era tudo combinado. Eles se prontificavam a fazer política, trabalhavam com política às escondidas. A Lava Jato era um partido político clandestino”, disse.

O deputado petista conhecido por ter a língua afiada, destacou: “Quero entender uma coisa: cadê o amor que Dallagnol dizia ter pelo Ministério Público, acabou-se? Ele usou um cargo público, institucional, para o qual não havia sido eleito, para fazer política tendenciosa, julgamento parcial”, comentou Maia.

O petista disse ainda: “Agora, vão fazer política de forma aberta”, disparou.

PB AGORA



FALA PARAÍBA-BORGES NETO