Lula diz ser “pessoalmente contra aborto”

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou ser contra o aborto, mas considerou que o tema deve ser tratada como “questão de saúde pública”. A declaração aconteceu em entrevista em entrevista à Rádio Jangadeiro Band News, de Fortaleza, após polêmica causada por uma fala do ex-presidente, que defendeu “todo mundo ter direito” ao aborto.

“Eu sou contra o aborto, mas o que eu disse é que as pessoas têm esse direito. Mesmo eu sendo contra o aborto, ele existe. Quando a pessoa tem poder aquisitivo bom, ele busca tratamento bom e até vai para o exterior para fazer o procedimento. Mas e a pessoa pobre?”, questionou o ex-presidente.

Para o petista, o aborto tem que ser transformado em questão de saúde pública. “Eu não quero saber porque ela está abortando, mas o Estado tem que cuidar. É uma questão de bom senso. Ele existe. É só isso”, disse.

MaisPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA