JP: viúva de policial civil aposentado é presa acusada de ser mandante do crime

 

No final da manhã desta quarta-feira (24) a Polícia Civil prendeu a viúva do policial civil aposentado Luiz Abrantes de Queiroz, morto a tiros no último mês de junho em João Pessoa.

De acordo com o inquérito, que foi concluído, a mulher foi a mandante do crime.

Ela foi presa juntamente com uma prima que teria participação no caso.

A polícia informou que o executor confirmou que a esposa do policial encomendou a morte pelo valor R$ 20 mil.

Mesmo após ser presa, a mulher segue negando a participação do assassinato.

PB Agora


BORGS NETO LUCENA INFOMRA