Secretaria da Saúde realiza ‘Agosto Dourado’, sobre o aleitamento materno

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Banco de Leite Humano Anita Cabral, em João Pessoa, abriu, na manhã de hoje (1º), a programação da campanha Agosto Dourado, com oficinas sobre primeiros socorros, acidentes domésticos, manobras de desengasgo e a importância do aleitamento materno para uma vida mais saudável.

O mês da amamentação veio de uma construção sedimentada pela comemoração da Semana Mundial de Aleitamento Materno e teve início em 1990, num encontro da Organização Mundial de Saúde (OMS) com o Unicef, momento em que foi gerado um documento conhecido como “Declaração de Innocenti”.

“A semana mundial vem corroborar as evidências científicas de que o leite materno é o alimento padrão ouro para a criança até os dois primeiros anos de vida, e que elas evitam morte por diarreia, desnutrição e melhora a inteligência dessa população”, disse Thaíse Ribeiro, diretora geral do Banco de Leite, em entrevista para o Programa Hora H, da Rede Mais Rádios.

Thaíse também ressaltou que a importância da semana vai além da importância da amamentação, como também reforça e incentiva a necessidade de amamentar os bebês. Com a pandemia, a situação de fome e miséria aumentaram no Brasil e no mundo, e o leite materno pode ser fundamental para impedir que criança tenha uma desnutrição. Mas para isso, a diretora reforça a necessidade de envolvimento coletivo no processo de aleitamento.

“É importante sempre incluir a família, os homens e toda a sociedade nesse processo, porque é importante que todo mundo seja uma cadeia de calor, fortalecimento e rede de apoio para essa mãe poder amamentar melhor”, concluiu.


BORGES NETO LUCENA INFOMRA