Daniella Ribeiro faz balanço da COP27 e diz que pautas ambientais são urgentes e necessárias


 A senadora participou do evento que aconteceu no Egito e reuniu parlamentares e líderes mundiais para discutir as mudanças climáticas

Participante da COP27, em Sharm El Sheikh, no Egito, A 27ª edição da conferência do clima da ONU, a senadora Daniella Ribeiro disse que voltou do Egito com perspectivas positivas diante do que presenciou ser discutido no evento mundial. Ao final, os países concordaram em criar um fundo para as consequências causadas pelos danos climáticos e para a reparação de perdas – e um fundo específico voltado para os países mais vulneráveis.

Daniella participou da COP 27 como integrante da União Interparlamentar do painel ‘Ação climática e desenvolvimento sustentável: como os parlamentos podem abordar as interações para um mundo mais relisiente?’. A senadora explicou que as reuniões parlamentares trazem temáticas como desenvolvimento sustentável, transferência de tecnologia para países em desenvolvimento e mais vulneráveis e a necessidade de aumentar as metas de redução de emissões de gases de efeito estufa.

“Foi uma oportunidade única de discutir temas sobre as mudanças climáticas e conhecer as experiências de países que já sofrem com as ondas extremas de calor e a escassez de água. Além disso, discutimos o que deve ser feito para limitar o aquecimento global a 1,5 graus Celsius como acertado no Acordo de Paris, em 2015”, afirmou Daniella.

A senadora disse ainda que “a COP 27 é uma oportunidade de reflexão sobre as mudanças climáticas que já castigam vários países com ondas extremas de calor e escassez de água. Também é um momento de pensar em medidas para preservar as nossas florestas, além de cobrar dos países mais poluidores maior colaboração na luta contra as mudanças climáticas”.

BRUNO LIRA



FALA PARAÍBA-BORGES NETO