Cidade da Paraíba revoga contratos com Mastruz com Leite, Walkyria Santos e outros artistas após cancelar festas de Reis

 




A Prefeitura de Tacima, nas proximidades da divisa da Paraíba com o Rio Grande do Norte, decidiu cancelar as festas de Reis no próximo mês de janeiro, tradicionais na cidade, devido à preocupação com as restrições necessárias para conter a contaminação por covid-19. No Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (15) foi publicada a revogação dos processos para contratar as atrações da festa que está cancelada.

Foram revogados os contratos com as bandas Mastruz com Leite, Walkyria Santos, Edyr Vaqueiro e Zé Cantor. Os valores dos contratos não foram divulgados. De acordo com nota da Prefeitura de Tacima, que o ClickPB teve acesso, os recursos que seriam investidos na festividade serão revertidos em "ações e benefícios para o enfrentamento das problemáticas sociais que o momento exige".


O prefeito Luis Rodrigues Sobrinho decidiu cancelar os festejos do mês de dezembro que iriam até 10 de janeiro de 2022 com a realização de shows artísticos após a recomendação do Governo da Paraíba para que os eventos tivessem controle necessário para evitar proliferação da covid-19. A preocupação atual é com a disseminação da variante Ômicron, que é potencialmente mais fácil de se propagar e eventos com muito público poderiam ocasionar em novas ondas de contaminação.

Várias prefeituras em toda a Paraíba também cancelaram shows e grandes festas neste fim de ano. No início de dezembro, o governador João Azevêdo recomendou que as prefeituras evitem festas de Réveillon na Paraíba para afastar aglomerações e prevenir o contágio por covid-19. Em festas públicas é mais difícil de garantir o controle de todos os protocolos necessários para conter a contaminação.

CLICKPB



FALA PARÁIBA-BORGES NETO