Governador da Paraíba diz que vai propor incorporar aos poucos a Bolsa Desempenho em reunião com policiais e bombeiros


 O governador João Azevêdo informou, nesta segunda-feira (3), que vai propor aos policiais e bombeiros, na reunião desta terça-feira (4), incorporar a Bolsa Desempenho aos salários, aos poucos. No programa Conversa com o Governador, na Rádio Tabajara, o gestor pontuou que o Estado não tem condições de fazer essa incorporação de uma só vez.

O governador destacou que "a solução definitiva para o problema é a incorporação da bolsa? É. Entretanto, é possível fazer isso de uma vez? Não. Porque o Estado não tem recursos suficientes para isso. É possível fazer isso paulatinamente? Sim."

"Importante esclarecer já que tratamos com muita transparência dessas ações. A lei federal obrigou os estados a aprovar suas leis estaduais de proteção dos militares. Infelizmente, muitos se aproveitaram desse debate, dizendo que a lei estaria retirando direitos de quem está na ativa e também colocaram na pauta a discussão de salários. Salário é o que nós vamos discutir amanhã com aquelas associações que representam legitimamente os militares", declarou o governador, conforme apurou o ClickPB.

Ainda segundo João Azevêdo, serão discutidas "soluções para os problemas que não foram causados por esse governo porque a questão é a Bolsa Desempenho, que não é incorporada ao salário. A Bolsa Desempenho é elemento de gestão. O Governo do Estado está aberto a encontrar esse caminho como já fez no começo de 2019".

O governador criticou o oportunismo no protesto dos policiais e bombeiros. "Não aceitamos, de forma nenhuma, que alguma categoria seja usada por alguns para se promover."

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO